Seminário sobre autismo envolve crianças e adultos em Hortolândia

43

Ação aconteceu na Emef Renato Costa Lima, no Jd. Amanda, para celebrar o Dia Mundial do Autismo

Mais de 500 pessoas, dentre elas crianças, profissionais da educação e membros da comunidade em geral, participaram, na tarde desta quinta-feira (04/04), na Emef (Escola Municipal de Ensino Fundamental) Renato Costa Lima, no Jd. Amanda, de uma série de atividades especiais, reunidas em um seminário, em comemoração ao Dia Mundial do Autismo, celebrado em 2 de abril. A data foi estabelecida pela ONU (Organização das Nações Unidas) em 2007.

O evento envolveu toda a comunidade escolar em apresentações musicais e palestras, visando à conscientização e à inclusão das pessoas dentro do espectro autista. A programação começou com uma apresentação musical, conduzida pelos professores Luceli Grizante e Valdemar de M. Neto. Uma das palestras, proferida pela Profa. Rosana Nascimento, abordou a importância do amor na educação, trazendo à reflexão o pensamento de Paulo Freire. A coordenadora Milena Ramos Oliveira discutiu o tema “Criança x Diagnóstico”, promovendo reflexões e apresentando experiências sobre o diagnóstico de autismo em idades precoces. O agente de gestão Caio Lemos de Melo enfocou a questão do “Diagnóstico de TEA Tardio”, proporcionando um debate enriquecedor sobre os desafios enfrentados nesse contexto. Em seguida, a conselheira Elisa Guimarães compartilhou sua experiência no “Acolhimento às Famílias Atípicas”, enfatizando a importância do suporte e da inclusão familiar.

Além das palestras, o seminário também contou com a participação dos estudantes, que compartilharam suas vivências e perspectivas sobre o autismo. O destaque ficou para os alunos do 4º ano C, Valentina M. Damasceno e Emanoel A. B. dos Santos, que emocionaram o público com suas histórias sobre amizade e inclusão. O evento foi encerrado com uma série de apresentações musicais, incluindo interpretações do “Hino do Autista”, música composta pelo musicista brasileiro Matheus Vasconcelos.

“Foi muito legal participar do seminário! Eu falei sobre o laço cor azul, o porquê do quebra-cabeça e pra mim foi um evento muito marcante, porque eu falei para mais de 500 pessoas, incluindo pais e convidados, então foi muito legal”, afirmou Emanoel.

“Para mim, o seminário foi muito importante. A parte que eu gostei mais foi a que eu falei sobre as características dos autistas. Também falei para mais de 500 pessoas e isso foi muito emocionante!”, revelou Valentina.

A estudante Ana Lívia Gomes Carvalho ressaltou a importância do evento para a conscientização sobre o autismo. “Eu fiquei na abertura e pronunciamento, recebendo os palestrantes e convidados. Acho que foi um evento muito importante para todas as pessoas saberem mais sobre os autistas e que eles podem fazer tudo o que nós fazemos”, concluiu a menina.

O colega Victor Hugo Ferro dos Santos também gostou de contribuir com o evento: “Eu gostei muito de participar e entregar as lembrancinhas para os convidados”, afirmou o garoto.

De acordo com a Secretaria de Educação, Ciência e Tecnologia, a rede municipal de ensino conta atualmente com cerca de 800 estudantes dentro do espectro autista. Esses alunos recebem atendimento especializado de professores especialistas em educação especial, garantindo uma abordagem integrada em seu desenvolvimento educacional.

A iniciativa faz parte de uma série de ações que aconteceram ao longo da semana em diversas unidades escolares e que se estendem ao longo do mês de abril. O objetivo da ação é promover a conscientização e a inclusão de pessoas diagnosticadas com TEA (Transtorno do Espectro Autista), combater a discriminação e o preconceito no ambiente escolar e contribuir para a construção de uma sociedade mais acolhedora e inclusiva.

Fonte: Decom Prefeitura Municipal de Hortolândia

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui