População de Hortolândia cresceu 22%, aponta IBGE

122

Em números absolutos, população de Hortolândia é a terceira que mais aumentou na RMC

A população de Hortolândia cresceu 22% em comparação ao ano de 2010. Os dados foram publicados pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), nesta semana, com a divulgação dos primeiros resultados do Censo Demográfico de 2022.

De acordo com a pesquisa demográfica realizada pela autarquia do Governo Federal, Hortolândia apresenta uma população de 236.641 habitantes, 43 mil pessoas a mais em comparação aos dados demográficos de 2010. O salto populacional registrado pela pesquisa indica Hortolândia como a terceira cidade que mais cresceu na RMC (Região Metropolitana de Campinas) em números absolutos, atrás apenas de Campinas e Indaiatuba. Os resultados preliminares do Censo 2022, em que foram divulgados dados da população residente em todos os municípios brasileiros, aponta, ainda, que Hortolândia segue como a quinta maior população da RMC.

O Prefeito de Hortolândia, José Nazareno Zezé Gomes, avalia que o crescimento populacional registrado por Hortolândia nos últimos doze anos reflete o desenvolvimento planejado e organizado da cidade. “Com 22,81% de crescimento, Hortolândia é uma das cidades que mais cresce na região e no Brasil. Mesmo diante desse grande contingente habitacional, o planejamento adotado pelo nosso Governo foi capaz de absorver essa nova população, garantindo serviços públicos de qualidade, especialmente nas áreas da saúde e da educação. Isso se chama desenvolvimento sustentável, onde o Poder Público garante todas as condições para que as pessoas tenham qualidade de vida. Essa política adotada por nós é diferente daquela usada no passado. Mesmo diante de um ‘boom’ populacional, nas décadas de 1970, 1980 e 1990, a cidade não oferecia infraestrutura mínima para receber seus novos moradores. Não à toa, hoje planejamos e pensamos a cidade 20, 30 anos à frente e, graças a esse trabalho, milhares de pessoas têm escolhido Hortolândia para ser a sua nova casa. Nossa cidade é hospitaleira e formada por migrantes e, por isso, recebemos todos os novos moradores de braços abertos”, comenta Zezé Gomes.

Com uma extensão territorial de 60 mil km2, Hortolândia figura como a maior concentração demográfica (relação de pessoas por quilômetro quadrado) da RMC e uma das maiores do estado de São Paulo. Para o secretário de Planejamento Urbano e Gestão Estratégica, Carlos Roberto Prataviera Júnior, a alta concentração demográfica se justifica pela qualidade de vida apresentada pelo município. “Hortolândia está inserida em um território não muito extenso, de conurbação metropolitana, com a aproximação com outras cidades. Devido a essas características, Hortolândia se projetou para crescer com qualidade, aprimorando a mobilidade urbana, planejando a construção de viários, a infraestrutura, investindo em lazer, saúde. A densidade demográfica da cidade demonstra o crescimento sustentável e ordenado, que atrai cada vez mais pessoas, que desejam morar aqui por considerar Hortolândia um bom lugar para se viver”, explica Prataviera.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui