Moradias do “Minha Casa, Minha Vida” de Hortolândia avançam para etapa de chamamento público

31

Empresas e consórcios da construção civil têm até 12 de junho para apresentar propostas técnicas à Prefeitura

As construções das 400 moradias do programa habitacional do Governo Federal “Minha Casa, Minha Vida”, na região do Jd. Amanda, avançam de etapa. Isso porque a Prefeitura de Hortolândia publicou o edital de chamamento público que tem por finalidade selecionar a empresa ou consórcio da área da construção civil responsável pelo empreendimento. A construção das 400 moradias no Jd. Amanda é uma das ações impulsionadas pelo Novo PIC (Programa de Incentivo ao Crescimento).

Atendendo aos princípios constitucionais de publicidade e isonomia, o chamamento público publicado pela Prefeitura de Hortolândia tem por objetivo selecionar a empresa ou consórcio de empresas do setor da construção civil que será responsável pela construção das 400 unidades habitacionais do “Minha Casa, Minha Vida”, no Jd. Amanda. Para concorrer ao processo licitatório, as empresas devem apresentar propostas técnicas, em que comprovem capacidade para executar as obras.

As propostas por parte das empresas e consórcios poderão ser apresentadas, até o dia 12 de junho, sob a forma de desenhos, textos, tabelas ou ilustrações. Nesse mesmo dia, a Prefeitura realizará uma sessão presencial para avaliação dos projetos e seleção da empresa contemplada. O contrato com a empresa responsável pelo empreendimento será firmado pela Caixa Econômica Federal, gestora do programa “Minha Casa, Minha Vida”.

O secretário de Habitação de Hortolândia, Rogério Mion, exalta as políticas públicas habitacionais promovidas no município. “As equipes da Secretaria de Habitação continuam empenhadas em promover o direito à moradia às pessoas que mais precisam. A contemplação de Hortolândia com as 400 moradias demonstra a boa articulação da Prefeitura com o Governo Federal, já que registramos a maior quantidade de moradias desta edição do ‘Minha Casa, Minha Vida’ na RMC (Região Metropolitana de Campinas). Mais uma vez, a Prefeitura demonstra, na figura do prefeito Zezé Gomes, o compromisso em cuidar das pessoas, promovendo conforto, segurança e o sentimento de casa própria”, afirma Mion.

Os apartamentos que compõem o conjunto habitacional do programa “Minha Casa, Minha Vida”, no Jd. Amanda, serão construídos em uma área de 17 mil metros quadrados. Ao todo, serão construídas 400 unidades habitacionais, divididas em dois condomínios verticais. Cada apartamento terá uma área útil mínima de 46 metros quadrados, com varanda. Os condomínios contarão com sistema de elevador em cada torre.

Moradores da cidade que desejam concorrer a uma das moradias do “Minha Casa, Minha Vida” ou de futuros empreendimentos populares que serão construídos em Hortolândia podem realizar a atualização cadastral no novo cadastro habitacional da Secretaria de Habitação, implementado em janeiro deste ano. O cadastro está disponível no site Fácil Hortolândia por meio deste LINK.

Fonte: Prefeitura Municipal de Hortolândia

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui